Fale com nossos especialistas

Av General Furtado Nascimento, 740, cj 60
Alto de Pinheiros
São Paulo  - SP - CEP 05465-070

 

contato@valemobi.com.br

Tel: +55 (11) 3024-8080

logo-branco.png

©2010-2020 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

Gestão financeira inteligente - Soluções para o Mercado Financeiro - Software para gestão de investimentos

Mesmo após resultados do 1T15, Vale tem alta de 7,3% ON e 6,20% PN

A VALE começou o dia com o reflexo da má notícia de prejuízo de quase 10 bilhões de reais no 1T15, mas se recuperou após comunicado em conferência com analistas, afirmando o compromisso da empresa em corte de custos de produção. De manhã o papel chegou a ficar negativo em -3,51%, mas recuperou no período da tarde e fechou com variação positiva de 7,30% para ordinárias (VALE3), a R$ 22,65 e 6,20% para preferenciais (VALE5), a R$ 18,15. GRÁFICO DO DIA DE RECUPERAÇÃO DA VALE3 - WEB.VALEBROKER.COM.BR Mesmo em um dia de más notícias para os investidores da VALE, a comunicação da empresa parece estar sendo eficiente e surtindo o efeito que almejava. Um dos motivos apresentados para justificar o ef

Resultados do 1T15 devem movimentar o pregão de hoje, veja os destaques

A elevação da taxa Selic para 13,25% veio de encontro as expectativas da maioria dos economistas do mercado, embora a economia esteja enfraquecida e o crescimento esperado para o ano negativo, o Copom aumentou a dose do remédio para segurar a inflação. Além disso o pregão promete ser movimentado com inúmeros resultados de empresas e a reação a votação dos integrantes do conselho da Petrobrás. Conheça os destaques do dia: Resultados do 1T15 com Lucro Líquido superior ao 1T14 Começaremos com os destaques positivos, que apresentaram lucro líquido superior ao mesmo período do ano passado: Lojas Renner (LREN3) Um dos maiores destaques da noite de resultados foi a Lojas Renner, com lucro líquido d

Brasil Foods é destaque após divulgação de resultados do 1T15

Apesar da bolsa ter operado em queda nesta quarta-feira (IBOV -0,87%), destacando as maiores baixas para a Vale (VALE3 -6,39% e VALE5 -7,87%) e Rumo Logística (RUMO3 -9,28%), um papel obteve destaque positivo surpreendente no pregão: a Brasil Foods (BRFS3) disparou +8,99%, fechando o dia à R$ 65,12, tendo alcançado a máxima de R$ 65,36. GRÁFICO DA VARIAÇÃO DO PAPEL BRFS3 - FONTE: WEB.VALEBROKER.COM.BR Essa valorização do papel existiu após a divulgação dos resultados do 1º trimestre de 2015, nesta terça-feira (28/04), que registrou Lucro Líquido de R$ 462 milhões, resultado é 42% superior ao mesmo período do ano passado. O fator mais surpreendente para os analistas, foi o EBITDA (lucro ant

Com atenção voltada para o Fed, dólar se mantém instável

O mercado cambial está na expectativa pela decisão da Comissão de Mercado Aberto (Fomc, Federal Open Market Committee) do Federal Reserve (Fed, banco central americano), onde será decidido até quando podem manter inalterada a taxa de juros. Analistas esperam que esse crescimento ocorra no segundo semestre. No dia que o mercado conhecerá a decisão, o dólar inicia variando da mínima de 2,916 à máxima de 2,961, com alta de 0,15% na primeira hora do pregão. Desde 2008 a taxa de juros do banco norte americano tem se mantido próxima de zero. Analistas acreditam que o Fed manterá inalterada até que tenham dados suficientes antes de tomar grandes decisões, uma vez que a elevação da taxa de juros for

Ibovespa fecha em alta de 0,50%

Após cair mais de 1% no período da manhã, o IBovespa reverteu a tendência e fechou em alta de +0,50%, aos 55.812 pontos. Destaque novamente para as ações da Vale, que operaram acima do volume médio, com VALE3 (22,55 -3,88%) realizando 221% do média histórica. As maiores altas ficaram com as ações do setor de energia, cujo índice setorial IEEX subiu 2,27%, puxados principalmente por Light (LIGT3, 17,20 +6,17%) e Eletrobrás (ELET3 7,79 +5,27%, ELET6 9,03 +5,00%) . O destaque negativo ficou com o setor imobiliário, amargando -1,50% de queda no índice setorial IMOB, com Cyrela (CYRE3 2,45 -3,04%) liderando as perdas. Análise - Flash de Mercado A ferramenta Flash de mercado da Valemobi mostrou um

Petrobrás ainda não virou a página

A publicação do balanço com redução de ativos de R$44 billhões não fecha o capítulo do escândalo de corrupção na Petrobras (BOVESPA: PETR3 & PETR4; NYSE: PBR) e pode fornecer munição fresca para a ação contra a empresa nos Estados Unidos. O caso, que está correndo na corte federal de Manhattan desde dezembro, iniciado por um grupo de grandes investidores, alega que os números da empresa foram artificialmente inflados desde 2010 para exagerar o valor de seus ativos. As ações ainda podem sofrer no curto prazo, e devem superar os R$ 13,78 para continuar o movimento de recuperação. #Petr4 #Pregão

Alta volatilidade de VALE3

O pregão de hoje foi marcado por uma grande volatilidade das ações da Vale, cujas ações ordinárias que chegaram a subir mais de 7% no início do pregão devolveram os ganhos e fecharam com uma alta de aproximadamente 1%. As ações também se destacaram pelo alto volume de negociação, realizando 237% do seu volume médio, sendo a ação do índice Ibovespa com maior variação de volume do dia, seguida por FIBR3 (221%), BRAP4 (181%) e SUZB5 (173%). Destaque negativo para as ações da Petrobrás (PETR3/PETR4), que fecharam em forte queda de -8% e -6% respectivamente. As informações foram obtidas na Plataforma Valebroker de negociação de ações. #Pregão #Vale3 #Vale5 #Petr4 #Petr3 #Fibr3 #Brap4