• Valemobi

B2W anuncia incorporação da Lojas Americanas e potencial listagem de ações nos EUA

A B2W (BTOW3) informou na última quarta-feira, 28, que vai incorporar a Lojas Americanas (LAME3; LAME4) para criar a americanas sa (tudo em letra minúscula mesmo).


O anúncio já era aguardado por grande parte do mercado, já que as empresas haviam comunicado o plano de fusão em fevereiro deste ano. Contudo, um novo ponto foi pego de surpresa, uma vez que a combinação possibilita à Lojas Americanas expandir seus negócios para o mercado internacional – o que a companhia pretende fazer.


“Sem prejuízo do foco primordial na combinação operacional dos negócios das companhias, a administração de Lojas Americanas informa que estuda, com vistas a elevar a americanas a um patamar global e fomentar o engajamento de longo prazo dos acionistas, a constituição de sociedade com sede no exterior, em jurisdição a ser definida, cujas ações seriam listadas na NYSE ou na Nasdaq”, informou em nota.


Caso a fusão seja aprovada, a B2W vai incorporar todas as lojas e patrimônio da Lojas Americanas, além de ficar responsável pela operação do negócio. Assim, as ações da B2W não serão mais listadas como BTOW3 e passam a ser negociadas como AMER3 (ticker ainda não confirmado, segundo o fato relevante).


Já os ativos ordinários e preferenciais da Lojas Americanas continuam sendo negociados na B3 normalmente, listados no Nível 1 de governança corporativa.


Isso significa que os acionistas da Americanas vão receber 0,18 por ação da AMER3. “Seriam emitidas, portanto, no total, por B2W, 339.355.391 ações ordinárias, em favor dos acionistas de Lojas Americanas”.


A proposta de fusão vai ser votada pelos conselhos de administração das varejistas no dia 10 de junho. É esperado que não haja uma resposta negativa à combinação de negócios, uma vez que a ideia foi bem aceita pelo mercado.

Posts recentes

Ver tudo