• Valemobi

Bradesco tem lucro de R$ 6,8 bi no 4º trimestre, alta de 35%

O Bradesco encerrou o quarto trimestre de 2020 com um lucro líquido recorrente de R$ 6,8 bilhões, o que representa um crescimento de 35% frente ao trimestre anterior e 2% na comparação anual (4T20 x 4T19).


Já o lucro contábil foi de R$ 5,4 bilhões no 4º trimestre, alta de 11,9% ante igual período de 2019. No acumulado de 2020, esse ganho foi de R$ 16,5 bilhões, cifra 26,7% inferior.


O ROAE trimestral alcançou 20% e voltou aos patamares observados antes da pandemia de Covid-19.


Enquanto isso, a carteira de crédito expandida cresceu 3% no trimestre e 10% na comparação anual, com destaque para o crescimento em pessoas físicas impulsionada, principalmente, pelos produtos de crédito pessoal consignado e financiamento imobiliário.


O Índice de Basileia Nível 1 cresceu 90 bps, ficando em 13,8%. Outro ponto positivo foi a redução da PDD Expandida, que ficou em R$ 4,6 bilhões, apresentando redução de 18% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


No final de 2020, foi realizado ajustes de reestruturação que resultaram no encerramento de 400 agências no trimestre (1.083 agências no ano). Esse evento aliado ao forte controle de custos possibilitaram uma redução de 6,6% nas despesas operacionais, contribuindo com uma melhora anual na eficiência operacional do banco.


Além do resultado, o banco divulgou seu guidance para o ano de 2021. Veja:

Fonte: Bradesco

Posts recentes

Ver tudo