• Valemobi

Brian Armstrong, CEO da Coinbase, torna-se bilionário aos 38 anos

Brian Armstrong, 38 anos, cofundador e CEO da Coinbase, juntou-se ao seleto grupo de bilionários americanos na última quarta-feira, 14, data da estreia da sua corretora de criptomoedas na Nasdaq.


Fundada em 2012, na cidade de San Francisco, a Coinbase é a maior plataforma de negociação de criptomoedas dos Estados Unidos. A empresa ganhou popularidade nos últimos tempos com o aumento do interesse de investidores, corretoras e grandes empresas por criptomoedas.


Segundo dados da mais nova listada na Nasdaq, a plataforma possui 35 milhões de clientes em mais de 100 países, com cerca de US$ 25 bilhões em ativos no sistema e mais de US$ 320 bilhões em volume total negociado.


Após a consolidação do IPO ontem, a Coinbase chegou perto dos US$ 100 bilhões em valor patrimonial durante o pregão. Com isso, Armstrong tornou-se bilionário do dia para a noite.


Suas 40 milhões de ações da Coinbase obtidas como fundador da empresa, passaram a valer R$ 13 bilhões, considerando a cotação atual de US$ 334 o papel.

Acompanhe cotações internacionais em tempo real no TradeMap Web.

Mas, diferentemente de personalidades do mundo da tecnologia como Mark Zuckerberg e Jeff Bezos, pouco se sabe sobre a vida pessoal do fundador da Coinbase.


Formado em economia, antes de trabalhar com criptos, ele foi engenheiro de software no Airbnb por um ano. Também já dirigiu outra empresa própria, a UniversityTutor.com, um site de tutoria online.


Seu nome já aparece no portal de bilionários da Forbes.

Foto: CNBC Vídeo/ Reprodução