• Valemobi

Cyrela lucra R$ 261 milhões no 4º tri, alta de 75%

A Cyrela (CYRE3) registrou lucro líquido de R$ 261 milhões no quarto trimestre, um aumento de 75% em relação ao mesmo período de 2019.


Esta alta é resultado do crescimento nas vendas e de efeitos ligados à venda de participação na Cury e na Plano & Plano, companhias que estrearam na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

No acumulado de 2020, a construtora mais que triplicou o seu lucro líquido, chegando a R$ 1,7 bilhão, em comparação com os R$ 416 milhões do ano anterior.


A companhia encerrou o trimestre com avanço de 12,9% em sua receita líquida no comparativo anual, de R$ 936 milhões para R$ 1 bilhão.


Este avanço reflete o crescimento de 34,1% nas vendas, para R$ 1,8 bilhão.


No acumulado do ano, a receita aumentou 10,5% e totalizou R$ 3,3 bilhões.


Tal crescimento é devido principalmente ao maior volume de obras em andamento de unidades já comercializadas e ao volume superior de reconhecimentos de lançamentos no período.


Os lançamentos de outubro e dezembro quase dobraram os números do último trimestre de 2019, um total de 25 empreendimentos (contra 13 no ano anterior), totalizando um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 2,8 bilhões.


Já a Venda sobre Oferta (VSO) de lançamentos no trimestre foi de 38,3%.


Em 2020, a Cyrela lançou 58 projetos, ante os 44 lançados no ano anterior.


No período em análise, outro destaque positivo veio de sua forte geração de caixa operacional, que atingiu R$ 439 milhões.


Dessa forma, a empresa manteve a sua alavancagem em patamar baixo e saudável, com indicador Dívida Líquida/Patrimônio Líquido em 5,1%.