• Valemobi

Receita líquida da Gerdau cresce 43% no 4T20

A Gerdau (GGBR4) apresentou excelente desempenho no quarto trimestre de 2020, fechando a receita líquida em R$ 13,62 bilhões, uma expansão de 43% no comparativo com o mesmo período de 2019.


Essa alta na receita é um reflexo do maior volume de vendas de aço no período, além da alta do dólar e dos impactos positivos das receitas das operações na América do Norte.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado e a margem Ebitda ajustada do último trimestre de 2020 apresentaram crescimento em relação aos períodos comparados em todas as operações de negócios, com destaque para a ON Brasil.


Esse resultado reflete a boa gestão da empresa e o melhor momento do setor de aço global. O Ebitda aumentou 194% no 4T20, chegando a R$ 3,25 bilhões.


No ano, o Ebitda alcançou R$ 7,69 bilhões, alta de 46% no comparativo com o ano cheio de 2019. Dessa forma, o lucro líquido ficou em R$ 1,05 bilhão, alta impressionante de 939%, se comparado ao mesmo período do ano anterior.


Em 2020, a companhia lucrou R$ 2,38 bilhões, evolução de 96% ante o ano anterior.

Além do resultado, a Gerdau informou sua projeção de investimentos na ordem de R$ 3,5 bilhões, ante aportes de R$ 1,6 bilhões em 2020. Esses recursos fazem parte do plano de investimentos de R$ 6,9 bilhões de 2019 a 2021.


E também anunciou que o conselho administrativo aprovou a distribuição de proventos no valor líquido de R$ 0,1105 por ação. A partir de 12 de março, as negociações serão negociadas ex-direito.