• Valemobi

Setor de serviços avança 1,8% em setembro, aponta IBGE

O volume de serviços prestados cresceu 1,8% em setembro na comparação com agosto, na série com ajuste sazonal, segundos dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Apesar de mostrar crescimento no período, o ganho acumulado de 13,4%, no entanto, ainda é insuficiente para compensar as perdas de 19,8% acumuladas de fevereiro a maio.

Assim, o volume de serviços ainda se encontra 18,3% abaixo do recorde histórico, de acordo com o IBGE.


O resultado veio levemente acima do consenso do mercado, que esperava por uma alta de 1,60% para o setor.


Na passagem de agosto para setembro, quatro das cinco atividades pesquisadas cresceram. Apenas serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,6%) tiveram resultado negativo, eliminando pequena parte do ganho de 5,8% no período de junho a agosto.


Já o setor de outros serviços, que alcançou 4,8% na comparação com o mês anterior, e 6,1% no acumulado do ano, foi o único a superar o nível pré-pandemia.


“Outros serviços alcançaram o maior patamar desde outubro de 2014, refletindo a alta nos serviços financeiros e auxiliares. As empresas nesse segmento vêm obtendo incrementos de receita desde o segundo semestre de 2018 em função da redução consistente da taxa Selic, que reduziu os ganhos com a poupança e levou os agentes econômicos a buscarem alternativas mais atraentes de investimentos, sejam de renda fixa ou variável”, destaca Rodrigo Lobo, gerente da pesquisa.