©2010-2017 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

contato@valemobi.com.br
+5511 3024-8080

  • Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle
Please reload

Posts Recentes

Brexit: Reino Unido sai da União Europeia e líderes lançam avisos sobre acordo comercial

O Reino Unido marca hoje, 31, a saída oficial da União Europeia (UE), após mais de três anos de um referendo que ditou o destino dos ingleses. Com isso, líderes das três grandes instituições europeias se reuniram nesta sexta-feira, em Londres, para discutir o futuro da Europa.

 

De acordo com a RTP, os presidentes da Comissão, Parlamento e Conselho europeus dividiram o pensamento de que este é um dia peculiar e lançaram avisos ao Reino Unido quanto às negociações para um possível acordo comercial.

 

“É um dia peculiar para a Europa, em que começa uma nova fase. À meia-noite, o Reino Unido sairá da UE e, após três anos de discussões, faremos um balanço com os nossos amigos britânicos. A UE acabou por se beneficiar desta situação, uma vez que se tornou ainda mais unida”, disse David Sassoli, presidente do Parlamento Europeu.

 

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, demonstrou ter a mesma opinião do colega. “Nunca é um momento feliz quando alguém parte, mas estamos abrindo um novo capítulo e vamos dar toda a nossa energia para a construção de uma União Europeia mais forte e mais ambiciosa”, afirmou.

 

Apesar da saída da UE, o Reino Unido passará por um período de transição até o final deste ano. Dessa forma, as atuais regras de viagens, negócios e relações comerciais ainda valerão para 2020.

 

Brasil pode ser beneficiado com Brexit

 

Para autoridades brasileiras, a expectativa é que o Brexit possa trazer oportunidades para o Brasil, uma vez que outros países podem ganhar espaço na região com o fim de benefícios aos mercados da Europa.

 

“O Brexit tem riscos porque mudam as regras alfandegárias, mudam as regras tarifárias, mas tem também oportunidades potenciais porque se abrem espaços em áreas como a agrícola, na qual somos competitivos”, disse o ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil no Reino Unido, Roberto Doring.

 

Segundo Patricio Marinho, representante da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Brasil também pode ganhar espaço no segmento de ensino superior.

 

“Acho que o Brexit fez com que as universidades britânicas olhassem para outros mercados, por assim dizer, além da Europa. Acho que abriu bastante os olhos das instituições do Reino Unido para a América Latina, para outros parceiros em potencial”, afirmou Marinho.

 

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse durante evento em Davos que o Reino Unido quer iniciar negociações para um acordo livre com o Mercosul logo após a concretização do Brexit.

 

“Nós queremos e eles querem”, declarou Guedes no Fórum Econômico Mundial.

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Arquivo