©2010-2017 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

contato@valemobi.com.br
+5511 3024-8080

  • Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle

January 16, 2018

April 26, 2017

April 10, 2017

March 27, 2017

December 22, 2016

November 18, 2016

Please reload

Posts Recentes

Ibovespa tem queda de -1,32% sob expectativa de alta da Selic

03.06.2015

O Ibovespa fechou com queda de -1,32% e 53.523 pontos, impulsionada por quedas de bancos e siderúrgicas, além da apreensão do mercado doméstico. O Banco do Brasil (BBAS3) liderou as maiores perdas com -3,62%, seguida pela Construtora Cyrela (CYRE3) com -3,56%, Rumo Logísitca (RUMO3) com 3,52%, Kroton (KROT3) com -3,31% e Gafisa (GFSA3) com -3,23%.

 

O mercado está apreensivo pela expectativa da Selic, que será decidido hoje em reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) pela elevação de 0,5 pontos percentuais, ficando a 13,75% ao ano.

 

A empresa de telecomunicações TIM (TIMP3) ficou com a liderança, subindo com 3,98%, após notícias sobre o setor.

 

Além do Banco do Brasil, outros seguiram em queda nessa sexta, ainda impulsionados pela expectativa sobre quem vai ficar com as operações do HSBC Brasil. O Bradesco teria feito a maior oferta, em R$ 10 bilhões, os papeis da empresa (BBDC4:BBDC3) caíram -2,29% e -3,14%, Itaú (ITUB4:ITUB3) com –2,53% e -1,10% (teria feito proposta de R$ 8 bilhões), Santander (SANB11) caiu em 1,92%, cuja oferta pelo HSBC Brasil teria sido de 9 a R$ 10 bilhões.

 

O volume total negociado na Ibovespa foi de R$ 5,64 Bi. As empresas que mais negociaram em relação ao seu próprio volume, conforme nosso indicador, “Δ Volume IBOV", foram a Lojas Renner (LREN3) com 253%, BM&FBovespa (BVMF3) com 209%, Hypermarcas (HYPR3) com 174%, CCR Rodovias (CCRO3) com 166% e Cyrela (CYRE3) com 164%.

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Arquivo