• Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle

©2010-2017 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

contato@valemobi.com.br
+5511 3024-8080

January 16, 2018

April 26, 2017

April 10, 2017

March 27, 2017

December 22, 2016

November 18, 2016

Please reload

Posts Recentes

Mercado internacional cai com novo fracasso na Grécia

15.06.2015

A dívida da Grécia ainda é uma grande preocupação de toda economia mundial, as bolsas internacionais reagem à tensão instaurada desde o primeiro dia de negociações do país com seus credores. Hoje a reação se intensificou após novo fracasso nas negociações do fim de semana.

 

O humor do mercado piorou nesta segunda-feira, depois que as possibilidades de um default da Grécia com seus credores, aumentaram. Na Ásia, a queda está atingindo os principais índices, em Xangai chegou ao patamar de -2%.

 

A bolsa de Atenas, onde as negociações foram um fracasso nesse final de semana, opera em forte queda nessa segunda-feira, com mais de 7%. O índice perdia 7,14%, às 8H10 GMT (5H10 de Brasília), os bancos são os papéis que mais contribuem com a queda, Eurobank com -13,74% e Bando de Pireu com -18,49%.

 

Bolsas europeias, índices futuros americano e brasileiro, também seguem em queda em meio às frustações no novo fracasso das negociações gregas no fim de semana.

 

Mesmo com essa tensão espalhada pelo mundo, o primeiro-ministro de Atenas, Alexis Tsipras, afirmou estar disposto a “esperar pacientemente” que os credores se tornem “realistas” sobre suas exigências em troca de ajuda.

 

Entenda a tensão na Grécia

 

As negociações para pagamento da dívida da Grécia, não foram positivas, a primeira parcela do acordo firmado com o FMI, para pagamento no primeiro dia do mês, não foi cumprida, e postergada para o final do mês. Em outros acordos, a Grécia julga como “abusiva” e “irreal” propostas de seus credores, e não aceita suas exigências contratuaisO presidente do Eurobank se mostrou “impaciente” em declaração feita no final de semana, logo em seguida o FMI anunciou que deixaria as negociações em Bruxelas.

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Arquivo