©2010-2017 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

contato@valemobi.com.br
+5511 3024-8080

  • Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle

January 16, 2018

April 26, 2017

April 10, 2017

March 27, 2017

December 22, 2016

November 18, 2016

Please reload

Posts Recentes

Tipos e participação de investidores da bolsa; Estrangeiros lideram

01.07.2015

Primeiro devemos lembrar que tipo de investidor não é o mesmo que perfil de investidor, no texto não nos referimos aos perfis (conservadores, moderados ou arrojados), mas sim quem, de fato, opera no mercado de ações.

 

Diariamente vemos que os números do mercado de ações oscilam muito, e em todas as vezes existem fatores que determinam se essa oscilação será positiva ou negativa. Porém, o que poucos falam é: qual a participação de cada tipo de investidor no mercado de ações.

 

Essa informação é muito importante, pois quando se passa a conhecer os tipos de investidores e como cada um deles vem se comportando no decorrer de um período, é possível fazer uma análise de como a bolsa se comportará à um determinado fato ou notícia na economia brasileira e mundial.

 

Os tipos de investidores no mercado de ações

 

A Bovespa criou uma metodologia que segmenta os tipos de investidores em seis grupos distintos: pessoa física (investidores individuais e clubes de investimentos), institucional, investidor estrangeiro, empresas privadas e públicas, instituições financeiras e outros.

 

Pessoa Física

 

Esse segmento é composto de investidores individuais que operam através de corretoras, além de clubes de investimentos. Apesar de ser o que possui o maior número de investidores, não é o responsável pelo maior volume negociado na bolsa.

 

Empresas Privadas ou Públicas

 

Esse segmento é formado por empresas que investem em ações, como o investimento em renda variável possui um perfil de risco maior, a maioria das empresas concentram seus recursos em renda fixa.

 

Instituições Financeiras

 

As instituições financeiras, ao contrário da anterior, participam mais ativamente do mercado de ações, pois procuram operar simultaneamente em diversos tipos de investimentos, explorando mais assiduamente os diferenciais de juros que podem ser obtidos no mercado de capitais.

 

Institucionais

 

Esse segmento é composto por instituições que administram recursos de terceiros, na grande maioria, são investidores profissionais que possuem profundo conhecimento do mercado. Os papéis são negociais por fundos de investimentos, hedge funds, fundos de pensão, entre outros.

 

Atuam de forma frequente no mercado e são, juntamente com os estrangeiros, os responsáveis pelos maiores volumes negociados. Contudo, algumas características desse tipo de investidor são de objetivos a longo prazo, que é o caso de fundos de pensão.

 

Investidores Estrangeiros

 

Esses investidores têm uma participação importante no mercado de capitais, e atualmente é um dos grandes responsáveis pelo rumo do índice brasileiro. Em sua maioria, são compostos por investidores institucionais domiciliados no exterior e que têm no Brasil várias opções de investimento.

 

Uma característica bem presente nesse tipo de investidor, é a sensibilidade a qualquer variável que afete o mercado brasileiro ou a economia mundial, já que o país sofre também variações de câmbio.

 

Como o tipo de investidor pode te ajudar a entender a oscilação do mercado

 

Tivemos um exemplo da importância de conhecer os tipos de investidores e qual a participação deles no mercado de ações no dia 25 de junho, quando os investidores tiveram conhecimento do habeas corpus solicitado ao presidente Lula e do resultado da audiência que investidores estrangeiros abriram contra a Petrobras, no mesmo dia a bolsa despencou.

 

No gráfico de colunas que consultamos no Valebroker, pudemos notar que no dia das notícias, 25, as institucionais ficaram com um saldo negativo no volume negociado de R$ 488 milhões (venderam mais do que compraram), já no dia seguinte, com a correção do “efeito Lula”, o saldo do volume negociado por esse tipo de investidor foi para positivos R$ 75 milhões.

 

Portanto, partindo dessa análise, podemos entender que qualquer notícia que atinja um tipo de investidor específico, positiva ou negativamente, os papéis que são negociados por esse investidor, sofrerão um movimento na mesma direção. No caso do dia 25, por exemplo, a queda com as notícias da Petrobras mostra que os papéis da petroleira possuem um peso maior para esse tipo de investidor.

 

Participação dos investidores no Mercado de Capitais

 

Nos últimos 3 meses, é possível notar que a participação dos investidores estrangeiros no mercado de ações vem crescendo, e na contramão desta direção, as institucionais seguem diminuindo.

 

Enquanto no primeiro trimestre do ano, os estrangeiros tiveram saldo positivo entre compras e vendas de R$ 12,88 bilhões, as institucionais tiveram saldo negativo de R$ 11,07 bilhões.

 

Os gráficos abaixo, gerados através da ferramenta Posição de Investidores, do Valebroker, mostram a participação de cada tipo de investidor para o mês de maio, volume de compras e sua evolução no período:

 

GRÁFICO DE COLUNA COM A PARTICIPAÇÃO EM VOLUME DE CADA TIPO DE INVESTIDOR

 

O gráfico de colunas mostra o saldo do volume negociado por cada tipo de investidor no mês de maio, o investidor estrangeiro foi o que apresentou maior variação positiva na negociação, com R$ 1,47 bilhões, ou seja, ele comprou mais do que vendeu, já o investidor institucional vendeu mais do que comprou com um saldo negativo de R$ 1,68 bilhões. O investidor individual, apesar de tímido, também teve saldo positivo no volume total negociado de R$ 188 milhões.

 

 GRÁFICO DE PIZZA COM AS COMPRAS E VENDAS DE CADA TIPO DE INVESTIDOR

 

No gráfico de pizza, é possível enxergarmos a participação de cada investidor em compras e vendas, o investidor estrangeiro aparece com a participação de mais de 50% em ambas as atividades. Ou seja, do total negociado em bolsa, mais da metade foram negociados por estrangeiros. Em seguida vêm as institucionais com cerca de 26%.

 

GRÁFICO DE LINHAS COM A EVOLUÇÃO DO VOLUME NEGOCIADO EM MAIO POR CADA TIPO DE INVESTIDOR

 

 

No gráfico de linhas acima, é possível acompanharmos a evolução de cada tipo de investidor, notamos que no mês de maio, o investidor estrangeiro cresce no volume total negociado, enquanto as institucionais caem.

 

 

No gráfico acima é possível verificarmos que os estrangeiros ultrapassaram as Empresas e as Institucionais em volume total negociado em março do ano passado. Enquanto as empresas mantinham a média de negociação e as Institucionais apresentavam quedas acentuadas, os investidores estrangeiros se destacavam com crescimento exponencial. Esse cenário se mantém até hoje.

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Arquivo