• Valemobi

A partir desta segunda-feira, B3 negocia 37 BDRs de fundos de índices estrangeiros

A B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) lança nesta segunda-feira (30) 37 BDRs (recibos de ações) com lastro em fundos que acompanham o desempenho de um índice, conhecidos pela sigla ETF (Exchange Traded Funds, em inglês).


Isso significa que as opções para quem deseja manter posições em ativos estrangeiros sem sair da Bolsa de Valores de São Paulo aumentaram. Vale lembrar que, em outubro deste ano, a B3 já havia liberado BDRs de ações para as pessoas físicas.


Os BDRs são emitidos aqui no Brasil, mas representam outro ativo emitido por companhias estrangeiras, como por exemplo uma ação listada na NYSE.


Contudo, com uma mudança na regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), agora é permitido que os BDRs tenham lastro em outros ativos, como título de dívidas e ETFs.


De acordo com a bolsa, por enquanto somente os investidores qualificados, ou seja, aqueles com pelo menos R$ 1 milhão em patrimônio, poderão negociar os BDRs de ETFs.


“Tão logo se conclua a tradução dos documentos relacionados ao programa, comunicaremos a disponibilização do produto para os demais investidores”, informou a B3, em comunicado ao mercado.

Confira a lista completa dos BDRs de ETFs que agora fazem parte da B3



Posts recentes

Ver tudo