• Valemobi

AES Tietê alega que oferta da Eneva é hostil e busca assessores para avaliar negócio

A AES Tietê classificou a proposta apresentada pela Eneva de combinação de negócios como uma “oferta hostil”, ou seja, quando não é solicitada.


Em comunicado ao mercado no último domingo, 8, a elétrica ainda disse que convocou uma reunião extraordinária de seu conselho de administração para a próxima sexta-feira, 13, “cuja pauta é definir a contratação de sua equipe de assessores, para posterior condução das ações necessárias”.


No dia 1° de março, a Eneva apresentou uma proposta de fusão com a AES Tietê. A operação envolveria pagamento aos acionistas da AES Tietê no valor de R$ 2,75 bilhões e mais um adicional em ativos da Eneva.


“A proposta apresentada ao conselho de administração da AES Tietê visa a agregar os negócios das duas companhias, resultando na unificação das bases acionárias em uma companhia aberta listada no Novo Mercado da B3, com sólido portfólio de ativos, recursos complementares e potencial de se beneficiar de significativas sinergias operacionais e financeiras”, informou a Eneva em nota.


Por outro lado, a Eneva informou também no último domingo que enviou uma carta à AES Tietê “diante da ausência de contato” da empresa desde a apresentação da oferta.


Bolsa


Às 15h07, as units da AES Tietê e os papéis ordinários da Eneva caíam 8,84% e 6,98%, respectivamente. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.


AES Tietê e Eneva, às 13


#AESTietê #Eneva

Deixe sua pergunta

ao lado!

Av General Furtado Nascimento, 740, cj 60
Alto de Pinheiros
São Paulo  - SP - CEP 05465-070

 

contato@valemobi.com.br

Tel: +55 (11) 3024-8080

logo-branco.png

©2010-2020 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

Gestão financeira inteligente - Soluções para o Mercado Financeiro - Software para gestão de investimentos