• Valemobi

Após troca de CEO, dois vice-presidentes do Banco do Brasil renunciam

O Banco do Brasil (BBAS3) comunicou na noite de terça-feira, 13, por fato relevante a renúncia de dois dos seus vice-presidentes. O movimento aconteceu em menos de um mês da troca de CEO da estatal.


Segundo site, seis dos sete vice-presidentes do banco devem ser substituídos nos próximos dias. O único nome certo para ficar na atual administração é o de Carlos Motta, que comanda a área de varejo.


Com isso, os dois primeiros dissidentes foram Carlos da Costa André, que renunciou ao posto de vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores e deixará o cargo em 26 de abril, e Mauro Ribeiro Neto, que desistiu do cargo de vice-presidente corporativo e sairá em 30 de abril.


Em comunicado, os motivos alegados para a renúncia foram aposentadoria e questões pessoais, respectivamente.


Carlos deverá ser substituído por José Forni, atual diretor de suprimentos e infraestrutura do banco. Já Mauro por Ênio Mathias Ferreira, hoje diretor de Governo.


As duas indicações precisam ser aprovadas pelo Conselho de Administração.