• Valemobi

Apesar da volatilidade, Ibovespa consegue fechar em alta

Atualizado: Abr 8

O Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), conseguiu fechar em alta de 0,11% nesta quarta-feira, 07, a 117.623,58 pontos, após altas e baixas durante o dia.


Durante o pregão, o índice alcançou 118.303,28 pontos em sua máxima intradiária. Na mínima, chegou a 116.747,95 pontos.


O indicador foi influenciado positivamente pelo avanço dos papéis da Vale (VALE3), que foram amparados pela alta dos preços do minério de ferro na Bolsa de Dalian frente à projeção de crescimento mais acelerados dos Estados Unidos e da China.


Enquanto isso, o dólar à vista teve crescimento de 0,81%, sendo cotado a R$ 5,6469.


Em seu melhor momento durante o pregão, a moeda atingiu R$ 5,6625.


Pela manhã, a moeda norte-americana caía em comparação com o real, mas trocou de sinais após o presidente Jair Bolsonaro dizer que o aumento de 39% no preço do gás anunciado pela Petrobras nesta semana é “inadmissível”.


Já o dólar futuro para maio registrou alta de 0,78%, a R$ 5,643 no after market.


Além disso, as atenções se voltaram para a lentidão na vacinação contra o Covid-19 e para o Orçamento, que segue sendo motivo de discussão entre o Congresso e o Governo Federal.


Esta falta de definição sobre o Orçamento público de 2021 impacta negativamente o mercado.


Ao passo em que a discussão do texto superou 3 meses de atraso no Congresso, o governo enviou um projeto de lei para flexibilização de um trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a fim de assegurar que ocorra reedição do Benefício Emergencial.


O leilão da Infra Week continua influenciando o mercado e chamando a atenção dos investidores.


Já a Câmara aprovou o texto principal do projeto de lei que flexibiliza regras para que empresas privadas realizem a aquisição e aplicação de vacinas contra a covid-19.

Nos Estados Unidos, as autoridades do Federal Reserve, Banco Central do país, avaliaram em ata uma notaram melhora na economia, mas permanece longe dos objetivos de longo prazo do banco e será necessário um progresso maior para que sejam promovidas alterações nas políticas econômicas.


Principais índices dos EUA com poucas alterações


O índice S&P fechou com leve alta de 0,15% após ata do Fed, aos 4.079.


O Nasdaq fechou em 13.688 pontos, uma queda de 0,07%.


Já o Dow Jones cresceu 0,05%, a 33.446 pontos.


O mercado europeu fecha com estabilidade


Ações de tecnologia perdem 0,9%, enquanto bancos avançam 0,6%.


O índice STOXX 600 caiu 0,1%.


As ações de saúde recuaram 0,8%, uma das maiores perdas dos setores.


O índice britânico FTSE 100 teve aumento de 0,9% frente a uma libra mais fraca.


Enquanto isso, o índice de midcaps focado internamente chegou a uma máxima recorde após a distribuição de vacinas da Moderna contra a Covid-19 no Reino Unido.


Bolsas asiáticas fecham sem direção única


O índice japonês Nikkei registrou ganho de 0,12% em Tóquio, a 29.730,79 pontos.


O índice sul-coreano Kospi cresceu 0,33% em Seul, a 3.137,41 pontos.


Na China continental, bolsas têm leves quedas


O Xangai Composto recuou 0,10%, a 3.479,63 pontos.


O Shenzhen Composto caiu 0,36%, a 2.258,11 pontos.


Em Hong Kong, o Hang Seng teve diminuição de 0,91%, a 28.674,80 pontos.


Na Oceania, a bolsa australiana atingiu o maior nível em quase 13 meses, sendo que as ações petrolíferam lideraram as altas.


Em Sydney, o S&P/ASX 200 cresceu 0,61%, a 6.928,00 pontos.

Posts recentes

Ver tudo