• Valemobi

Braskem reverte prejuízo e lucra R$ 2,494 bilhões no 1º trimestre

A Braskem (BRKM5) conseguiu reverter o prejuízo de R$ 3,6 bilhões registrados no primeiro trimestre de 2020 para um lucro líquido de R$ 2,494 bilhões durante os três primeiros meses deste ano. Em relação ao 4º trimestre de 2020, houve uma expansão de 195%.


Já o resultado operacional recorrente foi de R$ 6,943 bilhões entre janeiro e março de 2021, cifra 54% superior frente à reportada no trimestre anterior. No mesmo intervalo de 2020, a companhia havia somado R$ 1,276 bilhão, o que representa um crescimento de 444%.


Segundo a petroquímica, o resultado foi impulsionado pela depreciação do real frente ao dólar de 23% na comparação com o 1º trimestre de 2020.


Em nota, a Braskem informou que a geração livre de caixa nos primeiros três meses deste ano atingiu a marca de R$ 1,766 bilhão.


Esse valor é explicado, principalmente, pelo resultado operacional recorrente no período, pela monetização de créditos PIS/COFINS no valor aproximadamente de R$ 761 milhões, pela redução do capex operacional em função das paradas programadas de manutenção nos Estados Unidos e Europa, além de ajustes operacionais na central petroquímica de São Paulo realizados no 4º trimestre de 2020 e pela redução dos investimentos estratégicos.


A companhia seguiu reduzindo a sua alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/resultado operacional recorrente em dólares e encerrou o 1º trimestre em 1,80x, 39% inferior em relação ao 4T20 (2,94x).


→ Para mais dados referentes ao 1T21 da Braskem, acesse a Lâmina de Empresa da BRKM5 no TradeMap Web.