• Valemobi

Caixa registra lucro líquido ajustado de R$ 2,6 bilhões no 3º trimestre

A Caixa Econômica Federal apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 2,6 bilhões no terceiro trimestre deste ano, um crescimento de 1,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior, mas queda de 67,1% em relação ao mesmo período em análise de 2019.


Já o lucro líquido contábil do banco estatal foi de R$ 1,89 bilhão, cifra que representa uma retração de 76,4% frente ao terceiro trimestre do ano passado, quando havia reportado R$ 8,026 bilhões.


Nos nove primeiros meses de 2020, o lucro da Caixa somou R$ 7,5 bilhões, contração de 53,6 pontos percentuais no comparativo anual.


Enquanto isso, a margem financeira alcançou R$ 9,9 bilhões no terceiro trimestre, expansão de 2,7% quando comparado ao 2º trimestre deste ano, com crescimento de 1,3% nas receitas das operações de crédito e redução de 11,4% nas despesas de captações.


O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês), indicador que mede a lucratividade dos bancos, ficou em 12,7% no final de setembro, ante 12,8% no trimestre anterior.


Em seu documento divulgado nesta quarta-feira, 25, a Caixa Econômica destaca que a despesa com provisão de crédito para devedores duvidosos subiu 30,3% entre os meses de julho a setembro deste ano em relação ao segundo trimestre, para R$ 3,6 bilhões. No acumulado dos nove primeiros meses, a companhia soma R$ 8,5 bilhões.


Por fim, o Índice de Basileia atingiu a marca de 17,8%, o que representa 0,83 ponto percentual abaixo do 2º trimestre de 2020.