• Valemobi

Campos Neto não está à altura de um presidente de banco de país sério, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira, 29, que o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, vazou uma conversa particular entre os dois para a imprensa.


“A atitude do presidente do Banco Central de ter vazado para a imprensa uma conversa particular que tivemos ontem não está à altura de um presidente de banco de um país sério”, escreveu Maia no Twitter.

De acordo com o Estadão Broadcast, Campos Neto procurou por Maia diante da preocupação de que a crise política e as reformas não avancem no Congresso.


Vale lembrar que a Câmara não realiza votações desde 6 de outubro em meio a obstruções e falta de acordos. Além disso, também há as eleições municipais, marcadas para o dia 15 de novembro.


Segundo o jornal Valor Econômico, preocupado com os efeitos no mercado financeiro, o presidente do BC pediu que embates políticos sejam deixados de lado e que as atenções se concentrem no avanço de medidas de ajuste fiscal.