• Valemobi

Cosan incorpora Cosan Log; veja quais são as alterações

A Cosan (CSAN3) anunciou a fusão de empresas do grupo, em meio à sua reestruturação societária. Com isso, a companhia se tornará uma holding com todos os ativos do grupo.


Segundo o grupo de energia e logística, essa reestruturação societária tem como objetivo simplificar a estrutura e aumentar a liquidez, bem como destravar valor que existe dentro do Grupo Cosan.


Após a reorganização, a Cosan se tornará a única holding, mas continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família Ometto Silveira Mello.


As ações da empresa passarão a ser detidas diretamente por todos os acionistas da CZZ e da Cosan Log.


Como parte da operação, os acionistas que detiverem ações da RLOG3 até 8 de março de 2021 passarão a deter ações de emissão da Cosan. Portanto, serão acionistas da controladora direta da Rumo (RAIL3), que é atualmente uma subsidiária direta da Cosan Log.


De acordo com o cronograma, a partir do pregão desta segunda-feira, 8, as ações de emissão da Cosan Log (RLOG3) deixam de ser negociadas na B3 e, a partir desta data, os acionistas que detiverem ações de emissão da Cosan Log ao final do pregão de 5 de março de 2021 poderão negociar as ações de emissão da Cosan (CSAN3), que receberão com base na relação de troca de 3,943112 ações da Cosan Log por cada 1 ação da Cosan.


Em 10 de março, os ativos de emissão da Cosan entregues aos acionistas de Cosan Log com base na relação de troca serão creditadas no sistema da B3. A estrutura da operação segue conforme organograma abaixo:

E as ADRs?


A restruturação consiste também na operação com a CZZ (ADRs listados na NYSE). Isso significa que os acionistas que detiverem ações de emissão de CZZ passaram a deter ações de emissão da Cosan.


Em 5 de março, as ações da CZZ deixaram de ser negociadas na NYSE e, a partir de hoje, as American Depositary Shares (ADSs) da Cosan serão negociadas em um “When-Issued basis” na NYSE, sob o código “CSAN WI”, cuja negociação regular está prevista para começar na próxima quinta-feira, 11.


Nesta data, os detentores de ações Classe A de emissão da CZZ receberão ADSs da Cosan, com base na relação de troca aprovada de um ADS da Cosan (sendo que cada ADS representa uma ação ordinária da Cosan) para cada 0,772788 Ação Classe A de emissão da CZZ.


E como ficará tudo isso no TradeMap?


Não se preocupe! Toda mudança ocorrerá automaticamente no TradeMap, sem a necessidade de fazer alguma alteração manual.