• Valemobi

Cruzeiro do Sul pode movimentar R$ 1,37 bi em IPO

A Cruzeiro do Sul Educacional definiu sua faixa indicativa de preço na oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) entre R$ 16,40 e R$ 19,60. Com isso, a operação pode movimentar R$ 1,37 bilhão, considerando o meio da faixa, de R$ 18, e 76,5 milhões de ativos da oferta base.


Segundo seu prospecto entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ainda há a possibilidade de o IPO contar com um lote adicional de 15,3 milhões de ações e de um lote suplementar de 11.475.000 ativos. Nesse caso, a oferta seria elevada para R$ 1,859 bilhão – também considerando o ponto médio da faixa indicativa.


O IPO consistirá na distribuição primária, quando os recursos levantados vão direto para o caixa da companhia, mas poderá contar com uma tranche secundária – quando os atuais acionistas vendem parte de suas fatias na empresa –, caso sejam exercidos os lotes adicional e suplementar A.


Os principais acionistas são Archy LLC, do fundo soberano de Cingapura, o GIC, com 43,46%, e que pode cair para até 34,76%, se forem exercidos os lotes adicional e suplementar; FIP D2HFP, da família Figueiredo, com 28,27% e que pode cair para até 19,10%; e FIP Alfa 7, da família Padovese, que também tem 28,27% e pode cair para 19,10%.


A precificação deve ocorrer no dia 9 de fevereiro, depois que o procedimento de bookbuilding for finalizado. Enquanto isso, o início das negociações na B3 está marcado para o dia 11 do mesmo mês, no segmento do Novo Mercado e sob o ticker CSED3.


Em nota, a Cruzeiro do Sul diz que pretende utilizar o montante captado na oferta primária para realizar operações de fusões e aquisições (90%) e expandir os investimentos ‘greenfield’ (10%).


A oferta é coordenada por BTG Pactual, em conjunto com Bradesco BBI, BofA, Morgan Stanley e Santander Brasil.


Sobre a Cruzeiro do Sul


Fundada há mais de 50 ano em São Miguel Paulista, a companhia consolidou-se como o 4º maior grupo de ensino do país, levando em conta a posição de mercado com base na quantidade de alunos ativos.


Conforme apurado em 30 de setembro de 2020, conta com uma média anual de 330 mil alunos e 25 campi.


Além da marca Cruzeiro do Sul, a empresa também é dona da Unicid, UDF Centro Universitário, Universidade Positivo, entre outras.


No período de nove meses até setembro, teve receita líquida de R$ 1,331 bilhão, com crescimento de 20% na comparação com igual intervalo do ano passado. No entanto, registrou prejuízo líquido de R$ 78,372 milhões, revertendo lucro de R$ 79,430 milhões nos nove primeiros meses de 2019.


Acompanhe todo processo do IPO pelo TradeMap Web


Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!


Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.


Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais, além de ter acesso ao prospecto na íntegra.


O que é bookbuilding?


De um modo resumido, o bookbuilding é o processo em que o coordenador da oferta estuda e avalia, em conjunto com os investidores, como seria a demanda de seus ativos no mercado.


Dessa forma, a empresa que pretende abrir capital ou fazer novas ofertas deve saber qual a intenção de compra dos acionistas e chegar a um preço razoável para o IPO ou novas ofertas (follow on). Leia mais.