• Valemobi

eToro vai à bolsa em negócio de US$ 10 bi com apoio de Softbank

A corretora israelense de ações eToro informou nesta terça-feira, 16, que abrirá o capital por meio de fusão com a Fintech Acquisition Corp. V, em um negócio de 10,4 bilhões de dólares que contém investimento do SoftBank.


A Fintech Acquisition Corp. V (FTCV, na NASDAQ) é uma empresa de aquisição de propósito específico (SPAC, na sigla em inglês) liderada por Betsy Z. Cohen. Este tipo de empresa também é conhecido como “empresas de cheque em branco”.


A transação incluirá um aporte de investidores, incluindo Fidelity e Wellington Management, de US$ 650 milhões e irá fazer com que a eToro se torne pública e tenha um patrimônio combinado de US$ 10,4 bilhões.


Assim que finalizada a negociação, a empresa combinada atuará como eToro Group Ltd. e deverá ser listada na NASDAQ.


A empresa israelita informou que a expectativa é de que haja aproximadamente US$ 800 milhões de caixa líquido para apoio do crescimento futuro.


A eToro, fundada em Israel em 2007, tem 20 milhões de usuários registrados e concorre diretamente com a empresa Robinhood. Seus usuários podem investir em criptomoedas, ações e outros mesmo sem possuir experiência no mercado, podendo copiar as negociações de outrem na plataforma.


Em 2020, a corretora integrou mais de 5 milhões de novos usuários registrados à plataforma e gerou uma receita bruta de US$ 605 milhões, elevação de 147% em comparação ao ano anterior.