• Valemobi

IBC-Br sobe 0,86% em outubro frente a setembro

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado pelo mercado como uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), apresentou uma alta de 0,86% em outubro na comparação com setembro, informou a autarquia monetária nesta segunda-feira, 14.


Passaporte Investidor: chegou seu momento de aprender a investir no exterior com os melhores professores do mercado – e de graça! Faça sua inscrição agora


Essa é sexta alta consecutiva nesta linha comparativa do indicador do Banco Central.


Apesar disso, a leitura de outubro ficou abaixo do esperado pelos economistas consultados pela Bloomberg, que projetavam um crescimento de 1,05% na base mensal.


Enquanto isso, em relação a outubro de 2019, houve uma queda de 2,61% no IBC-Br. A estimativa para essa linha de comparação era de um recuo de 2%.


No acumulado de 2020, o índice reporta baixa de 4,92%. Já em 12 meses, a prévia do PIB brasileiro recuou 3,93%.


O dado de setembro foi revisado para alta e passa de 1,29% para 1,68%.


O que é o IBC-Br?


O IBC-Br, divulgado mensalmente, é um indicador do Banco Central considerado pelo mercado como uma prévia do resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os serviços e bens produzidos no país.


Ele serve de base para investidores e empresas adotarem medidas de curto prazo. No entanto, o resultado não reflete necessariamente o desempenho anual do PIB.

Posts recentes

Ver tudo