Fale com nossos especialistas

Av General Furtado Nascimento, 740, cj 60
Alto de Pinheiros
São Paulo  - SP - CEP 05465-070

 

contato@valemobi.com.br

Tel: +55 (11) 3024-8080

logo-branco.png

©2010-2020 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

Gestão financeira inteligente - Soluções para o Mercado Financeiro - Software para gestão de investimentos

  • Valemobi

Ibovespa cai 1,37% com fala de Eduardo Cunha


O Ibovespa fechou com queda de -1,37% a 52.342 pontos, com crise política resultante da fala do Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Cunha disse que vai defender que o PMDB vá para a oposição, rompendo com o governo.

A fala de Cunha aumenta ainda mais a tensão política, que vem crescendo depois das notícias de que o ex-presidente Lula está sendo investigado por suspeito tráfico de influência. Essa briga, entre o Governo e o Congresso, que agora é declarada, torna a situação ainda mais complicada, já que para ajustar as contas públicas e fazer a reestruturação da economia, são necessárias medidas que estão travadas.

A lista de maiores quedas foi liderada pela Gerdau Metalúrgica (GOAU4) com queda de -6,18%, Suzano Papel (SUZB5) com -5,47%, seguidas de Petrobras (PETR3) que caiu -4,90%, Qualicorp (QUAL3) com -4,73% e Estácio (ESTC3) com -4,63%.

O volume total negociado na Ibovespa foi de R$ 3,77 bilhões. As empresas que mais negociaram em relação ao seu próprio volume, conforme nosso indicador, “Δ Volume IBOV", foram a Suzano Papel com 235%, Fibria (FIBR3) com 227%, Smiles (SMLE3) com 178%, Tractebel (TBLE3) com 148% e BMF&BOVESPA (BVMF3) com 146%.

Mesmo com o alívio na Grécia, o índice brasileiro caiu na semana, com queda de -0,47%.

#EduardoCunha #Ibovespa