• Valemobi

Maiores criptomoedas entram em queda nesta quarta-feira

As 50 maiores moedas digitais do mundo entraram em queda nesta quarta-feira, 19, após uma combinação de fatores negativos, com foco para o Bitcoin (BTC), que se encontra abaixo dos US$ 40 mil pela primeira vez desde fevereiro.


O criptoativo entrou numa série de quedas nos últimos dias, influenciada pelo bilionário Elon Musk, CEO da Tesla Motors.


No dia 12 de maio, Musk publicou um tweet informando que iria deixar de aceitar a moeda digital nas vendas de carros da sua empresa, devido aos impactos ambientais causados pela mineração das criptomoedas


No domingo passado, o CEO fez outra publicação, sugerindo que a Tesla já teria vendido o bitcoin comprado no início de 2021, fazendo a moeda cair cerca de 8%.


Entretanto, tuitou novamente na segunda-feira, informando que “para esclarecer as especulações, a tesla não vendeu nenhum bitcoin”, o que fez o criptoativo voltar a subir.


Porém, a queda desta quarta-feira não é por conta somente de Musk


O movimento teve início durante a madrugada e agravou-se durante a manhã, após o anúncio de que bancos e empresas de pagamento chinesas proibirão transações com criptomoedas, permitindo somente o uso pessoa.


De acordo com o alerta do Banco do Povo da China (PBoC), enviado por meio da conta no aplicativo WeChat, as moedas digitais não podem ser usadas como forma de pagamento por não serem moedas reais.

Vale ressaltar que este tipo de operações já não era aceito na China, sendo esta decisão então apenas um reforço da posição do governo do país.


Por volta das 10h05 (horário de Brasília), a moeda chegou à mínima de US$ 31.947,4, de acordo com o site Investing.


Apesar das quedas, em um ano, a criptomoeda ainda acumula alta de aproximadamente 27%.


Outros criptoativos


Para as demais criptomoedas, as quedas foram mais acentuadas.


Às 15h (horário de Brasília), a Ethereum (ETH), uma stablecoin (criptomoeda estável), estava sendo cotada a US$ 2.767, em uma queda de 18,77% em relação às últimas 24 horas.


A Dogecoin (DOGE) foi negociada a US$ 0,3815, um recuo de 20,31% no mesmo horário.


A Binance Coin (BNB) caiu 23,71%, para US$ 393,8.


Já a Polkadot (DOT) recuou 25,29%, cotada a US$ 29,7490.

Enquanto isso, a Tether (USDT) apresentou uma leve alta de 0,04%, negociada a US$ 1,0015.