• Valemobi

Petrobras pode gerar mais de R$ 8 bi com venda de participação na BR

A Petrobras (PETR3;PETR4) pretende vender toda a sua participação remanescente na BR Distribuidora (BRDT3) em 2021, em uma operação que pode superar os R$ 8 bilhões, de acordo com fontes da Reuters.


Discussões na estatal indicam posição favorável a uma venda integral da fatia de 37,5% distribuidora, confirmando o alinhamento do novo CEO, Joaquim Silva e Luna, com desinvestimentos, segundo as fontes anônimas do jornal.


“O assunto está em plena discussão. Mas a ideia é vender tudo”, informou uma das fontes.

De acordo com a segunda fonte, estudos numéricos com cenários já foram encomendados pela Petrobras, a fim de realizar a melhor decisão.


A BR já está ciente dos interesses da petrolífera e está havendo comunicação entre Luna e Wilson Ferreira Jr., presidente da distribuidora, com uma reunião marcada para acontecer nas próximas semanas.


A operação deve ocorrer e ser finalizada ainda este ano, segundo as pessoas questionadas sobre o assunto.


Com isso, se trataria da terceira grande venda de papéis da BR Distribuidora pela estatal.


Preços dos combustíveis


Segundo as fontes, a Petrobras já começou sua nova estratégia de ajuste nos preços dos combustíveis.

No final de abril, a estatal anunciou uma redução nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias, de R$ 0,05 cada, para R$ 2,59 e R$ 2,71 por litro, respectivamente.


A política de paridade de preços internacionais segue sendo respeitada, mas evitando grandes oscilações para não aumentar a volatilidade, que seria prejudicial para a empresa, de acordo com as fontes.


Mas a orientação é evitar o frequente sobe e desce de preços. Tal volatilidade é considerada prejudicial para a imagem da empresa.