• Valemobi

Petrobras reverte prejuízo e lucra R$ 1,167 bilhão no 1º tri

A Petrobras finalizou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 1,167 bilhão, revertendo o prejuízo histórico gerado de R$ 48,51 bilhões no mesmo período de 2020.


Na época, o resultado havia sido afetado por conta de uma baixa contábil de R$ 65,3 bilhões, decorrente dos efeitos negativos da pandemia e da queda brusca nos preços internacionais do petróleo.


Em relação ao 4º trimestre de 2020, o lucro líquido da petroleira caiu 98,1%, quando reportou R$ 59,8 bilhões. Segundo a companhia, o indicador foi impactado pela variação cambial no resultado financeiro devido à desvalorização do real frente ao dólar e às reversões de impairment e dos gastos passados com o plano de saúde.


Enquanto isso, a receita líquida da estatal registrou um aumento de 14,2% na comparação ano a ano, para R$ 86,17 bilhões.


No relatório, a Petrobras destaca que os números foram impulsionados, principalmente, pela valorização do preço do petróleo Brent em 38%.


“Contribuíram também para este resultado a maior receita com diesel, que atingiu R$ 25,2 bilhões, em função do aumento da participação da Petrobras no mercado de diesel e do crescimento das vendas de diesel S-10, apesar da queda do volume de vendas total de diesel”, aponta.


Já o resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 48,95 bilhões, avanço de 30,5% frente ao 1º trimestre de 2020, quando registrou R$ 37,5 bilhões.


No trimestre, a Petrobras teve um resultado financeiro negativo em R$ 30,75 bilhões, contra um resultado positivo de R$ 6,8 bilhões no quarto trimestre do ano passado. Contudo, em comparação ao 1º trimestre de 2020, o indicador foi 45,2% maior.


Para mais dados referentes ao 1º trimestre, acesse a Lâmina de Empresa da Petrobras pelo TradeMap