• Valemobi

Superávit perto de zero preocupa; Moody’s avalia tema


Segundo autoridades ouvidas pelo jornal Valor Econômico, o superávit primário acumulado pelo governo federal no primeiro semestre está “ao redor de zero”. Fato aumenta ainda mais a possibilidade de um rebaixamento da nota no rating soberano do Brasil, pois em tese, no próximo dia 22, quando será divulgado o relatório bimestral sobre o comportamento das receitas e despesas da União, a meta de superávit primário, que atualmente está em 1,1% do PIB, poderá ser revista.

Esse ambiente de incertezas, indefinições e crise na política brasileira é determinante para a agência de classificação Moody’s, pois trata das perspectivas de recuperação da economia brasileira. Muitos analistas acreditam no rebaixamento no rating soberano, alguns destacam a possibilidade de um tombo ainda maior, despencando dois níveis, assim, o país sairia do grau de investimento, acarretando grandes dificuldades econômicas.

O maior problema, com esses dados fracos da economia brasileira, está nas perspectivas de melhora e como esse impasse está sendo tratado. O Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, tem se visto travado num quadro de dificuldades políticas. A “guerra” entre Governo e Congresso tem preocupado a eficácia do ajuste, já que para sucesso do plano fiscal, é crucial o apoio do Congresso nas medidas necessárias.

A colunista do G1, Beth Cataldo, destacou que nas reuniões programadas pelo ministro Levy, onde teria a oportunidade de expor os argumentos e defender propostas, faltavam líderes partidários, inclusive do partido do PT. De fato, um cenário onde a articulação de autoridade importante para a economia brasileira, não é tratada como prioridade, piora as expectativas de uma melhora no cenário político-econômico do país.

Resta-nos agora esperar até que ponto esse impasse político trava a recuperação da economia brasileira e qual o peso dele para a avaliação da Moody’s.

#SuperavitPrimário #Economia #EconomiaBrasileira #Moodys

Posts recentes

Ver tudo

PIB chinês cresce 4,9% no terceiro trimestre

A economia da China apresentou uma expansão de 4,9% no terceiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2019. As informações foram divulgadas no último domingo, 18, pelo Escritório Nacional

Deixe sua pergunta

ao lado!

Av General Furtado Nascimento, 740, cj 60
Alto de Pinheiros
São Paulo  - SP - CEP 05465-070

 

contato@valemobi.com.br

Tel: +55 (11) 3024-8080

logo-branco.png

©2010-2020 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

Gestão financeira inteligente - Soluções para o Mercado Financeiro - Software para gestão de investimentos