• Valemobi

Vendas online impulsionam receitas do Magazine Luiza no 1º trimestre

O Magazine Luiza (MGLU3) apresentou um lucro líquido de R$ 258,6 milhões no primeiro trimestre de 2021, cifra 739,7% maior em relação ao mesmo intervalo do ano passado, quando registrou R$ 30,8 milhões.


Em termos ajustados, a varejista lucrou R$ 81,5 milhões nos três primeiros meses do ano, revertendo o prejuízo líquido de R$ 8 milhões no mesmo período de 2020.


Isso se deve por conta que as vendas online da companhia cresceram 114,4% no período e representaram 70,3% das vendas totais.


Segundo o Magazine, no e-commerce com estoque próprio (1P), as vendas evoluíram 121,5% e o marketplace contribuiu com R$ 2,4 bilhões, crescendo 98%. “O forte ganho de marketshare foi impulsionado pela excelente performance do aplicativo, com 31 milhões de usuários ativos mensais. Também contribuíram a entrega mais rápida do varejo, a evolução do marketplace e o crescimento das novas categorias”, destacou a empresa em nota.


Enquanto isso, o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, em português) foi de R$ 427,2 milhões no 1º trimestre, salto de 56% frente aos três primeiros meses de 2020. A margem Ebitda ajustada ficou estável em 5,2%.


Já a receita líquida atingiu R$ 8,3 bilhões no período em análise, crescimento de 57,7% na base anual.


Veja mais informações sobre os dados do 1º trimestre do Magazine Luiza no TradeMap