• Valemobi

Westwing levanta R$ 1,16 bi em IPO

A loja de decoração online Westwing fixou o preço por ação em sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) a R$ 13 cada, valor próximo do teto da faixa estipulada pelos coordenadores da operação, que ia de R$ 10,50 a R$ 13,66.


→ Leia também: IPO da Cruzeiro do Sul movimenta R$ 1,23 bilhão


Com isso, o IPO movimentou cerca de R$ 1,16 bilhão com a venda de 89,3 milhões de ações – contando com a quantidade acrescida dos lotes adicional e suplementar. De acordo com a Exame, a Westwing chegará à B3 valendo R$ 1,55 bilhão.


Antes de mostrar uma grande demanda entre os investidores, a quantidade inicial de ações ofertadas da companhia era dividida igualmente entre a tranche primária, quando o dinheiro levantado vai para o caixa da empresa, e secundária – quando os atuais acionistas vendem parte ou a totalidade de suas fatias.


Dessa forma, com a venda dos lotes extras, 35% correspondem à oferta primária e 65% fazem parte da tranche secundária.


As ações serão negociadas no Novo Mercado da B3 a partir da próxima quinta-feira, 11, sob o ticker WEST3.


Os coordenadores do IPO foram o BTG Pactual, em conjunto com a XP Investimentos, o J.P. Morgan e o Citi.


Sobre a Westwing


A companhia foi fundada em 2011 como subsidiária de uma multinacional da Alemanha com o mesmo nome.


Em 2018, os executivos aqui do Brasil assumiram o controle da companhia, junto com o fundo de private equity Axxon Group.


De acordo com a Westwing, a plataforma possui mais 8,8 milhões de usuários cadastrados e que no terceiro trimestre deste ano teve em média 728 mil visitantes únicos mensais.

Posts recentes

Ver tudo