• Valemobi

Como proteger seu dinheiro do cenário financeiro atual?

O avanço do coronavírus vem causando uma série de problemas em diversos setores mundo afora, incluindo o mercado financeiro. Juntando com a guerra do petróleo, as bolsas já registram várias quedas consecutivas apenas no início deste ano.


Aqui no Brasil, por exemplo, a B3(Brasil, Bolsa, Balcão) acionou seis vezes o Circuit Breaker para minimizar os danos nas duas últimas semanas. Essa ferramenta funciona, basicamente, como um intervalo quando o principal índice da bolsa, o Ibovespa, registra queda generalizada dos ativos.


→ Leia também: Como funciona o mecanismo de Circuit Breaker?


Por conta desses fatores, muitos investidores podem não saber o que fazer no meio desse cenário caótico, mas se seguirem algumas dicas simples podem conseguir contornar tal situação.


Os pontos abaixo são essenciais para se precaver de eventuais oscilações indesejadas não só no mercado acionário, como também em outros tipos de investimentos. Veja só:


Diversifique sua carteira agora mesmo!


Talvez esse seja o passo mais importante no mercado financeiro, principalmente para quem é fã de carteirinha das famosas ações.


“Mas por quê, TradeMap?”, você deve estar se perguntando, caso seja novato por aqui, não é mesmo?

Bom, vamos a um exemplo prático:



Imagine que a Maria começou a investir na bolsa de valores há um mês, comprando um lote de PETR4 por R$ 29 cada. Após 15 dias, a Arábia Saudita decide cortar o valor de venda do barril e indicar o início de uma guerra de preços entre os grandes produtores de petróleo. Com isso, a commodity despenca, levando junto o papel preferencial da Petrobras, agora valendo R$ 13.


Com isso, Maria comprou o lote de 100 ações da Petrobras por R$ 2.600 e após a queda do petróleo o mesmo lote passou a valer R$ 1.300.


Podemos perceber que ao diversificar a carteira com diferentes papéis ou títulos de investimentos, o investidor protege seu patrimônio contra um dano possivelmente maior.


Temos que ter em mente que o mercado financeiro é volátil e, dessa forma, não temos como antever acontecimentos que podem abalá-lo ou, também, inflá-lo.


Invista em companhias sólidas e setores resilientes


Há um senso comum de que aplicar em empresas consolidadas garante uma certa proteção. E é claro que assinamos embaixo. Para analisar o contexto de uma empresa, o TradeMap te ajuda nessa!


Na tela de empresas do TradeMap Premium é possível verificar indicadores fundamentalistas que te auxiliam a estudar sobre qualquer companhia listada na bolsa. Com dados financeiros, de mercado e um panorama geral, a ferramenta passa informações relevantes que podem ser uma peça chave sobre um bom ou mau negócio!


Em relação aos setores, os bancários e de energia são sempre recomendados aos investidores, isso porque eles são tratados como seguros em qualquer cenário econômico.


  • Bancos: tanto na crise como no crescimento econômico, as instituições financeiras oferecem diferentes tipos de crédito às pessoas física e jurídica, sempre movimentando capital.

  • Energia: a maioria das empresas deste setor é boa pagadora de dividendos.


Defina seu perfil de risco e estabeleça seu horizonte de investimento


Essa etapa é fundamental para garantir uma direção e saber qual perfil melhor se adequa com você! Classificamos esses perfis em:


  • Conservador: dá preferência à segurança e procura diminuir ao máximo o risco de perda, e, por isso, aceita até rendimentos menores.

  • Moderado: procura equilíbrio na hora de investir, ficando entre a segurança e a rentabilidade. Às vezes corre certo risco para render mais dinheiro do que investimentos mais seguros.

  • Arrojado: prioriza investimentos com maior rentabilidade, mesmo capaz de correr grandes riscos.


Após esse primeiro procedimento, é necessário também estabelecer o horizonte de investimento, que nada mais é do que o prazo em que cada investidor pretende manter seu capital investido, e atrelá-lo com o perfil de risco.


FGC


Em renda fixa, alguns títulos são protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o que significa que em caso do emissor do título quebrar, o FGC paga ao investidor a garantia de até R$ 250 mil, nos limites da regulamentação. Para saber mais informações, clique aqui.



Baixe o TradeMap agora mesmo e tenha acesso à plataforma mais completa do mercado financeiro!



#EducacaoFinanceira #Investimentos

Deixe sua pergunta

ao lado!

Av General Furtado Nascimento, 740, cj 60
Alto de Pinheiros
São Paulo  - SP - CEP 05465-070

 

contato@valemobi.com.br

Tel: +55 (11) 3024-8080

logo-branco.png

©2010-2020 - Valemobi Consultoria Empresarial S/A.

Todos os Direitos reservados.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

Gestão financeira inteligente - Soluções para o Mercado Financeiro - Software para gestão de investimentos